Fatiando a abordagem.


A abordagem por e-mails e WhatsApp costuma ser uma comunicação de via única, ou seja, você envia a mensagem, mas nem sempre ela gera o retorno, a resposta. Ao contrário do cold call que temos inúmeras maneiras de fazer essa troca, transformar a comunicação em via dupla!


Quem nunca escreveu uma mensagem no In e ficou no “vácuo”?


O que eu ensino na minha mentoria de prospecção é fatiar a conversa e a Eduarda Rodrigues é uma das profissionais que tem um grande engajamento com essa técnica.


Como funciona?


  • Faça o Social Selling normal: relacionamento + pedido de conexão + agradecimento.

  • Não comece a abordagem falando de você, da sua empresa ou com clichê famoso “estamos ajudando” - “estamos conversando”;

  • Comece a abordagem com uma pergunta pedindo informação ou ajuda.


Exemplo:

“Oi fulano, você que é gerente de RH, pode tirar uma dúvida?”


“Fulano, estou com uma dúvida sobre a (empresa) você pode me ajudar?”


“Fulano, acompanho a (empresa), mas tenho uma dúvida. Você consegue responder uma pergunta?”


“Fulano, posso fazer uma pergunta sobre a área de tecnologia da (empresa)?"


Qual é a grande sacada dessa estratégia? Despertar a curiosidade da pessoa sobre a sua pergunta e iniciar o diálogo!


  • Depois que a pessoa responder, cuidado para não jogar toda a estratégia com perguntas comerciais comuns.

Exemplo: supondo que você queria falar sobre software de gestão de RH

Em vez de:


“você utilizam algum software de gestão de RH na empresa?”

Mude para:


“pela sua experiência, acredita que a maioria das empresas do porte da (empresa) já está investindo em tecnologia para RH ou ainda usam processos manuais?”


Observação: se o lead mostrou interesse tente conduzir para o e-mail ou telefone porque com o dia a dia corrido ele pode deixar de responder e neste caso é mais difícil retomar.


 



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo