A diferença entre respostas e resultados na prospecção por e-mail.


Sim, existe essa pequena confusão..eu diria ilusão!


Resposta não quer dizer resultado, assim como open rate não quer dizer interesse.

Exemplo bem simples:


O SDR disparou 20 e-mails, teve 5 respostas, mas todas:


“Não tenho interesse” - “Já temos parceiro” - “Tire o meu e-mail da sua lista”.


Ou seja, teve 5 respostas e zero resultado.


Outro tema que considero importante é que open rate não quer dizer necessariamente engajamento do lead com a mensagem.


Eu mesma abro e-mails por causa do assunto e quando leio a primeira linha já deleto.


Logo, se você tem alta taxa de open rate no primeiro e-mail e isso vai reduzindo com a cadência e nada de respostas, pergunte-se:


  • Estou usando assuntos enganosos ou sensacionalistas?

Se a resposta for sim, pare!


  • O meu e-mail é aquele genérico que automatizo para toda e qualquer empresa, em massa e como se não houvesse amanhã?


Minha estratégia tem mais cara de e-marketing do que de e-mails de prospecção?


Bem, todas as pesquisas das mais conhecidas empresas de sales engagement já pesquisaram, pesquisaram e já cansaram de afirmar que quanto mais personalizado mais reply rate. E o que fazer com os e-mails não respondidos? A resposta para essa pergunta é obvia:


Ligue.


O único problema é que se o e-mail foi muito genérico, se a cadência foi muito longa pode ser que o cliente potencial nem queira atender o seu contato.


E ai? Você tem mais respostas ou resultados na sua prospecção por e-mails?

Leia também:




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo